Essa é uma das poucas coisas que o Léo e eu discordamos, eu sou completamente apaixonada por filmes de terror, suspense e principalmente todos aqueles que envolvem espíritos. Já ele não gosta muito – na verdade não gosta nada. Então sempre que quero assistir há filmes ou seriados do gênero, ele faz um esforcinho para  assistir comigo, ou então assisto sozinha quando ele está no trabalho – coisa que é raro acontecer – mesmo amando filmes de terror, sou a pessoa mais medrosa do mundo, haha. Assisto, mas depois tenho medo até de ir ao banheiro sozinha e dar de cara com um espírito, rsrs.

O último filme que assisti, é praticamente o melhor que já vi do gênero. Vi o trailer de divulgação em algum site – não lembro qual – e desde então estava super ansiosa para assistir, contando os dias para ele chegar no Brasil – estréia prevista para 13 de setembro – só que quando vi cartaz do filme em um daqueles sites de filmes on-line, minha curiosidade falou mais alto. Invocação do Mal, é mais um daqueles filmes de possessões no estilo Exorcista, baseado numa história real, ele conta um dos casos mais complicados que um casal de demonologistas mundialmente conhecidos – os Warren – tiverem que enfrentar em suas carreiras, na nova casa da família Perron.

Apesar do filme ter várias cenas clichês – como cobertas sendo puxadas, etc… – ele é muito bom e fabuloso para os amantes de filmes de assombração. No entanto que ele está liderando as bilheterias norte-americanas. O filme é do mesmo diretor de Jogos Mortais e Sobrenatural, James Wan. Quem também não tiver paciência para aguardar e assistir no cinema, pode procurar o filme em sites de filmes on-line, no site que assisti a qualidade estava ótima. Mas, garanto que vale a pena esperar até dia 13 de setembro.

Sinopse:

Baseado em uma história real, o longa se passa em uma casa mal-assombrada, para onde uma família liderada por Lili Taylor e Ron Livingston se muda. Quando fica claro que uma entidade obscura os está perseguindo, eles chamam os investigadores paranormais Ed e Lorraine (Patrick Wilson e Vera Farmiga) para ajudar.

Trailer:

 

E aí, também gostam de filmes do gênero? 

Beijinhos… Ale!