Livro: 100 Anos de Moda

Depois de ter iniciado meu primeiro curso na área de moda, meu interesse pelo assunto só aumenta a cada dia. Já estou inscrita em 3 cursos na área, dois já iniciaram e o terceiro começa em Agosto, logo eu falo com mais detalhes para vocês.

Meu interesse pela literatura na área de moda e afins também é muito grande, pesquiso sobre vários assuntos e quero comprar um livro novo todo dia, só não compro porque gosto primeiro de terminar aquele que estou lendo no momento, para não deixar livro pela metade, sabe?

Minha terceira aquisição literária relacionada a moda, foi do livro 100 Anos de Moda, um livro que estava querendo há muito tempo (até comentei nesse post).

O livro 100 Anos de Moda, já começou me chamando a atenção pela capa maravilhosa e design mais robusto, ele é um livro grande e com quase 400 páginas, possui capa dura e portanto é um pouco mais complicado levar na bolsa para ler por aí, é o tipo de livro mais indicado para ler em casa e fazer várias pesquisas.

Como o próprio nome já diz, ele conta a História da Moda, dos últimos 100 anos iniciando lá em 1901 e vem até o inicio dos anos 2000. 100 Anos de Moda, começa falando do Estilo da Alta Sociedade, quando a moda era ditada pelas maisons parisienses, toda aquela riqueza nas roupas confeccionadas e bordadas à mão, a preocupação nos detalhes e os acabamentos impecáveis, tudo lindo e incrível.

Logo em seguida ele passa pelo estilo Bohemian, os Uniformes, o estilos das Amazonas, o estilos dos Couturiers, o estilo das Estrelas (estilo que tanto amamos e copiamos), e lá por 1939 o estilo Nacionalista.

No ano de 1947 (de acordo com o livro), é o início do estilo New Look “É impossível não exagerar ao falar da beleza do New Look. Estamos salvas. As roupas de bom gosto estão de volta! As ombreiras se foram. Agora, os ombros são naturais, os vestidos têm a cintura justíssima e as saias são amplas, mas amplas mesmo, e vão até dez centímetros abaixo dos joelhos.” Susan Mary Alsop, To Marietta form Paris, 1947.

Sabe a famosa Saia Midi, é lá que elas surgiram e tem fotos lindas das saias da época. São imagens lindas e super inspiradoras, uma verdadeira viagem no mundo da moda.

Lá pelos anos 1960, a moda muda bastante e à partir da página 222 é possível conhecer um pouco mais sobre o “estilo” Youthquake – o terremoto da juventude, em seguida um dos estilos mais atemporais que existe o Denim e Esporte.

Daí o livro segue em lindas páginas e fotos maravilhosas até chegar ao capítulo Moda e Fama, que inicia com uma foto linda da eterna muda Audrey Hepburn, em Bonequinha de Luxo (1961). Também mostra a inesquecível Brigitte Bardot (1962), depois de algumas páginas dá um pulo para 2010 com a excêntrica Lady Gaga.

100 Anos de Moda, é um livro maravilhoso e perfeito para quem ama estudar a história da moda, apesar das quase 400 páginas a leitura é prazerosa e motiva a ler mais e mais a cada nova descoberta sobre esse mundo que tanto amamos, as imagens são lindas e inspiradoras, sinto vontade de comprar uma máquina de costura, algumas tecidos e aviamentos e copiar diversos looks.

Também bate saudade de diversos estilos que se perderam com o tempo, até daqueles que não cheguei a vive-los, vontade de me teletransportar pra lá apenas para usar aqueles vestidos maravilhosos e com detalhes impecáveis.

Indico o livro para aquelas que realmente se interessam pela história da moda e querem conhecer os estilos dos últimos 100 anos, depois da leitura o livro é uma ótima fonte de pesquisa e fica lindo como parte da decoração da casa, hehe!

Comprei o meu na promoção no site do Ponto Frio – aliás, é o lugar onde encontro os livros com melhores preços e o frete é quase de graça, paguei R$ 47,90 no livro e apenas R$ 1,99 no frete. Não estou ganhando nada pela propaganda e realmente indico o site.

 

 

Quem já leu 100 Anos de Moda?