Recebi a release da marca e fiquei doida atrás dessa cor, tenho muitos verdinhos fofos e o Aflição seria mais um pra me fazer feliz. Poucas lojas online tinham a cor, consegui comprar e de fato adorei!

A cor é extremamente fofa, um verdinho pistache com reflexos dourados, achei a cor que faltava para completar a coleção! Durou em torno de 6 dias e depois começou a lascar nas beiradas, paguei R$6,75 na loja Bela Glamour (aqui!)

Clique aqui para ver os swatches das cores: Coisa Boa, Perna Bamba, Liberdade e Frio na Barriga.

Fiquei enjoada de verdes bandeira pra copa e resolvi usar o da Gio, ele é fashion e tenho certeza que vai fazer maior sucesso, ahhh…sem esquecer a foto que postei semana passada no Insta (@carolkyoko) foi usando o aflição. heart

 

E aí amores curtiram?

 

 

Filme: Yves Saint Laurent

Yves Saint Laurent

Não canso de falar que sou apaixonada por Moda, talvez não demonstre muito toda essa minha paixão, mas meu sonho era viver nesse lindo e confuso mundo da moda. Já que esse globo não é feito apenas de glamour. De qualquer forma eu amo a moda, em todas as suas formas.

Tenho pesquisado muito sobre ela depois que comecei meus cursos, livros, filmes e afins, quero saber cada dia mais e mais.

Recentemente estava em cartaz nos cinemas, um dos filmes mais esperados para os apaixonados por moda, a cinebiografia do estilista francês – um dos mais importantes da alta costura – Yves Saint Laurent. Que teve nada mais, nada menos que o grande Dior, como seu mentor, incrível!

Fiquei aguardando ansiosa pela estréia do filme desde que soube do mesmo, queria muito ter ido assistir no cinema, mas infelizmente devido a falta de tempo, não consegui. Bom, assim que saiu naqueles sites de filmes on-line, aguardei até ficar em boa qualidade e tratei logo de assistir.

O filme basicamente conta a história de vida do estilista, seus dramas, medos e também o lado bom e o ruim do mundo da moda. Desde 1957 quando que com apenas 21 anos ele assumiu a direção artística de uma das maiores maisons parisienses, a Dior, até o dia de sua morte. O filme é maravilhoso, com figurino impecável, cenários maravilhosos e artistas que interpretaram tão bem seus papéis que assistir YSL, foi uma viagem no tempo.

Foi a primeira vez que vi um trabalho do ator francês Pierre Niney, achei que ele interpretou tão bem seu papel, que tornou o filme ainda mais impecável. Claro que a história tem seus altos e baixos, assim como qualquer filme, mas indico e recomendo muito para todos os apaixonados por moda – e aqueles que ainda não são, haha!

Cena do filme.

Cena do filme.

Paris, 1957. Com apenas 21 anos, Yves Saint-Laurent (Pierre Niney) é chamado para cuidar do futuro da prestigiosa grife de alta costura fundada por Christian Dior – falecido recentemente. Depois de seu primeiro desfile triunfal, ele vai conhecer Pierre Bergé (Guillaume Gallienne) e este encontro irá abalar sua vida. Amantes e parceiros de trabalho, os dois se associam a fim de criar a grife Yves Saint Laurent.

Apesar de suas obsessões e demônios interiores, Saint Laurent vai revolucionar o mundo da moda com sua abordagem moderna.

 

A MODA PASSA O ESTILO É ETERNO! (YSL)

 

Quem assistir depois me conta o que achou. Bjus!