O lado bom e o ruim de blogar

Quem não tem e nunca teve blog, pensa que é tudo glamour, eventos, press-kits e muito $$$ no bolso. De fato em alguns caso eu confesso que até é, mas nada acontece de graça e nem por acaso, blogueiras famosas e bem sucedidas hoje, trabalharam e trabalham muito para chegar aonde chegaram.

Dormir pensando e posts, acordar pensando no post que não vai entrar no horário (eu pelo menos tenho todo um cronograma), chorar com comentários super maldosos e pensar em desistir várias e várias vezes. Por outro lado, receber o carinho e mensagens especiais de pessoas que nem te conhecem pessoalmente, carinho esse que muitas vezes a gente não recebe de amigos próximos e da própria família. Enfim, só que está desse lado sabe direitinho do que estou falando e é por isso que depois de tanto pensar resolvi responder essa tag com toda a sinceridade do meu coração. Foi mais um desabafo e espero do fundo do meu coração que vocês compreendam e que ninguém se sinta ofendido.

Chega de tanto bláh, bláh, bláh… que o vídeo já ficou longo.

1 – O que sente quando liga a câmera e começa a gravar?
2 – Como administra vida pessoal x vida virtual?
3 – Como e quando percebeu e decidiu que ser blogueira era o que você queria como profissão?
4 – Qual o maior erro que você acredita já ter cometido no mundo virtual? ou em seus vídeos?
5 – O que te motiva a blogar?
6- Se os planos com o blog não derem certo, você tem um plano b?
7 – Já sofreu algum preconceito ou piadinha entre amigos e/ou conhecidos pelo fato de ser blogueira? Como fez ou faz para mostrar que isso é sua profissão e não um passa tempo?
8 – Em um tempo onde há tantos blogs e canais falando das mesmas coisas, como faz para ter um diferencial?
9 – Já passou por alguma situação “mais chata ou incomoda” pelo fato de ter sua vida exposta na internet? qual?
10 – Qual o seu maior defeito? Você tenta disfarçar isso nos vídeos?
11 – Depois que virou blogueira o que mudou em você?
12 – O que seu blog significa para você?
13 – Qual o seu maior desejo com o blog? onde deseja chegar?
14 – Qual o lado bom e o lado mau de blogar? (Diga em poucas palavras ou em apenas uma frase)

 

 

SE INSCREVA NO MEU CANAL

 

Desde o dia em que os famosos Baby Lips, chegaram ao Brasil, eu fiquei mega ansiosa para testar e saber se eles realmente eram tudo aquilo que a maioria falava – sabores deliciosos, um toque lindo de cor e hidratação para lábios ressecados. Comprei o meu por acaso e apesar de ainda não ter testado todas as opções de “sabores” e cores, o Pink Punch vai ser sempre meu favorito.

De cara eu já fiquei apaixonada pela cor, ele é todo rosinha – e por sinal um tom de rosa lindo – e possui detalhes em amarelo, adoro a combinação acho que fica super fofo.

A bala é quase da mesma cor da embalagem, um tom de rosa lindo e sabe o que é mais bacana? O Baby Lips adiciona um pouco de cor nos lábios, parece até um gloss, deixa os lábios rosadinhos. A textura é cremosa e o acabamento é levemente transparente.

Ele possui um aroma/sabor bem docinho que lembra chiclete, vontade de ficar lambendo os lábios, haha!

Como se trata de um hidratante labial ele não permanece por muito tempo nos lábios e precisa ser reaplicado ao longo do dia, o que não é um problema, pra mim.

Achei ele super hidratante e no meu caso funcionou perfeitamente, estava com os lábios bem ressecados no inicio da gravidez – não sei se foi pela gravidez ou pela estação do ano – comecei a usar o Baby Lips e depois de alguns dias meus lábios estavam com aspecto bem melhor.

Comprei o meu na Lojas Americanas e paguei R$ 11,90. Não quanto custa em outros locais, mas achei o valor bem justo. Também está à venda no site da loja aqui.

Agora quero muito testar nas outras versões, mas acho bem difícil algum deles substituir o Pink Punch – meu hidratante labial preferido.

 

 

Qual o hidratante labial preferido de vocês?

 

 

* Este produto ou serviço foi comprado pela autora do post.

 

 

SE INSCREVA NO MEU CANAL