E chega dezembro, mês do meu aniversário, da luta contra o HIV, do Natal e um dos meses que tem os melhores lançamentos cinematográficos do cinema.

Simbóra conferir as estréias para a primeira quinzena de dezembro e já deixar reservado o dinheiro da pipoca 🙂

As Aventuras de Paddington (04/12)

Um jovem garoto começa uma amizade com um urso falante (voz de Ben Whishaw) que ele conhece numa estação de trem em Londres. Versão live-action da sério popular de livros infantis escritos por Michael Bond.

Caçada Mortal (04/12)

Nova York. Matt Scudder (Liam Neeson) é um ex-policial que agora trabalha como investigador privado, muitas vezes agindo fora da lei. Com uma certa relutância, ele aceita ajudar um traficante de heroína (Dan Stevens) que está atrás do homem que sequestrou e matou sua esposa. Não demora muito para que Matt descubra que o procurado já havia cometido este tipo de crime.

Homens, Mulheres e Filhos (04/12)

Adultos, adolescentes e crianças amam, sofrem, se relacionam e compartilham tudo, sempre conectados. A internet é onipresente e, nesta grande rede em que o mundo se transformou, as ideias de sociedade e interação social ganham um novo significado. Algumas situações como um casal que não tem intimidade; uma garota que quer ser uma anoréxica melhor; um adolescente que vive em num mundo de pornografia virtual, fazem o expectador repensar a relações humanas.

Michael Kohlhaas – Justiça e Honra (04/12)

No século XVI, na região de Cévennes, no centro-sul da França, vive o vendedor de cavalos Michael Kohlhaas (Mads Mikkelsen). Ele tem uma vida tranquila e próspera, até sofrer uma grande injustiça de um nobre poderoso. Michael, homem religioso e íntegro, não vai medir esforços para conquistar novamente sua honra, mesmo que seja preciso iniciar uma guerra por todo o país.

Quero Matar Meu Chefe 2 (04/12)

Após o trauma vivido no filme anterior, os amigos Nick (Jason Bateman), Dale (Charlie Day) e Kurt (Jason Sudeikis) resolvem abrir seu próprio negócio, de forma que eles mesmos sejam seus chefes. O problema é que, quando a companhia começa a deslanchar, eles sofrem um golpe do investidor (Christoph Waltz) que bancou o negócio. Sem o controle da empresa e sem ter como recorrer através dos meios legais, o trio decide partir para um ato desesperado: sequestrar o filho do investidor (Chris Pine), de forma a convencê-lo a devolver aos amigos o comando da companhia.

Uma Noite de Crime: Anarquia (04/12)

Nesta sequência de Uma Noite de Crime (2013), um jovem casal fica preso nas ruas poucas horas antes da tradicional noite em que todos os crimes são permitidos pelo governo, para os cidadãos poderem liberar os seus instintos violentos. Sem poder contar com a ajuda de ninguém, eles tentam sobreviver à barbárie nas ruas.

V/H/S Viral (04/12)

Um grupo de adolescentes busca a fama a qualquer preço. Eles querem se tornar sensações na Internet, mas só despertam o interesse do mundo inteiro quando se tornam protagonistas de acontecimentos sobrenaturais e sangrentos. Como no restante da franquia “V/H/S”, este filme é feito em estilo “found footage”, ou seja, com imagens supostamente reais de amadores.

As Aventuras do Avião Vermelho (11/12)

A trama apresenta a história de Fernandinho, um menino de 8 anos, que perdeu a mãe há pouco tempo, tornando-se um garoto solitário, sem amigos e com problemas de relacionamento com o pai e na escola. Sem saber como lidar com a situação, o pai tenta conquistá-lo com presentes. Nada funciona até que ele dá para o filho um livro de sua infância. Encantado com a história, Fernandinho decide que precisa de um avião para salvar o Capitão Tormenta – aviador personagem do livro, que está preso no Kamchatka. A bordo do Avião Vermelho e junto com seus brinquedos favoritos, Ursinho e Chocolate, que ganham a vida com sua imaginação, Fernandinho visita lugares inusitados, como a Lua e o fundo do mar, e percorre diferentes territórios – África, China, Índia, Rússia. Ao longo dessa jornada, ele descobre o prazer da leitura, a importância de ter amigos e o amor do pai.

O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos (11/12) Um dos filmes mais esperados do ano. 

Terceira parte da adaptação do livro “O Hobbit”, de J.R.R. Tolkien, para o cinema. Dirigido por Peter Jackson (trilogia O Senhor dos Anéis) e com Martin Freeman, Ian McKellen, Andy Serkis, Hugo Weaving, Christopher Lee, Ian Holm, Orlando Bloom, Stephen Fry, Luke Evans e Evangeline Lilly no elenco.

O Mensageiro (11/12)

O jornalista Gary Webb (Jeremy Renner) é alvo de uma intensa campanha de difamação após denunciar o envolvimento da CIA com os rebeldes Contras da Nicarágua e o tráfico de cocaína. Baseado em fatos reais.

O Senhor do Labirinto (11/12)

O longa revela a arte de Arthur Bispo do Rosário (Flávio Bauraqui), sergipano esquizofrênico que passou boa parte de sua vida internado na colônia Juliano Moreira, no Rio de Janeiro. Suas criações, como mantos e bordados, são consideradas obras de arte e já representaram o Brasil em evento internacional realizado em Veneza, na Itália. Dentro de seu mundo místico e imaginário, onde acreditava ser Jesus, Bispo era restritivo quanto aos que poderiam adentrar em sua “terras”, como aconteceu com o guarda Wanderley (Irandhir Santos), um de seus convidados de sempre.

Ouija – O Jogo dos Espíritos (11/12)

Filme baseado no jogo de mesmo nome, utilizado para estabelecer comunicação com espíritos. De acordo com as regras do jogo, os espíritos fazem uma pedra se mover sobre letras em um tabuleiro, compondo frases destinadas aos jogadores. Na trama, uma adolescente deve lidar com a morte da irmã, e usa Ouija para falar com ela.

 

Qual o filme mais esperado por vocês?

 

 

 

 

 

Moda: Birkenstock – Hot or Not?

As sandálias estilo Birkenstock, foram hit dos anos 90 e agora voltam com força total, ela faz aquele estilo “ou você ama, ou você odeia”. Não tem meio termo, nem como ficar na dúvida, quem gosta, gosta.

Possuem um estilo tanto, quanto duvidoso – um chinelo com solado grosso e tiras largas, arrematam um ar pesado e masculino para qualquer look, mas podem ser usadas em diversas combinações, como com look total jeans, shorts e até com vestidinhos femininos e leves. Podem ser usadas em todas as estações, no inverno é só incluir uma meia na produção e pronto!

O estilo até pode dividir opiniões e muita gente ainda torcer o nariz, mas se tem algo que todo mundo que já colocou uma Birkenstock nos pés concordam, é o conforto. Na hora de usar é só tomar alguns cuidados, elas ficam lindas combinadas com produções cool e descoladas, looks urbanos são perfeitos. Não é em qualquer local e ocasião que você vai poder usar sua sandália Birkenstock, em ocasiões formais nem pensar e no trabalho somente se o seu for informal. Se ainda tem dúvida na hora de usar, combine com jeans, calças ou shorts e t-shirt, não tem como errar.

A tendência e toda essa divisão de opiniões sobre as sandálias Birkenstock, me lembram a época dos Sneakers (famosos tênis com salto). No inicio 90% das pessoas torceram o nariz e juraram jamais usar o modelo, era dificil ver alguém que não fosse uma fashionista ou celebridade muito descolada com o tênis “de gosto duvidoso”. Confesso que eu mesma não gostei do estilo no inicio, mas depois estava bem louca nas lojas atrás de um modelo para chamar de meu. Usei pouquíssimas vezes e hoje em dia ele está encostado no closet.

Acredito que a novela vá se repetir com as Birkenstock, agora que é novidade vamos torcer o nariz e logo estaremos juntas atrás de um modelo (porque a sandália logo vai começar a esgotar em todas as lojas). Ainda não sei dizer se gosto ou não do estilo, ela não é a sandália/chinelo mais linda do mundo fashion, mas talvez eu usaria pelo conforto e praticidade.

 

 

E vocês, hot or not?

 

 

 

 

 

Eu tenho desde maquiagem até roupas, sapatos e acessórios preferidos para cada estação do ano, afinal, nós temos vários produtos que tem a cara de determina estação, como por exemplo batons escuros para o inverno e cores alegres para o verão.

Esses dias eu estava olhando meus blushes e percebi que também tenho os meus preferidos para a estação mais quente do ano. Pode até não parecer, mas eu nunca havia notado que uso determinadas cores e deixo outras de lado quando chega essa época do ano. Vocês também são assim? Achei que seria bacana mostrar para vocês, meus blushes preferidos para o verão em forma de post!

Meus tons preferidos para a estação são os rosados, corais e tons amarronzado, preferencialmente os marrons clarinhos e com fundo dourado, aqueles que posso usar tanto como blush, quanto como bronzer.

Selecionei cinco cores, sendo três importados e dois nacionais – todos são bem fáceis de encontrar e os valores variados. Tem para quem não quer gastar muito e para quem quer investir em um blush.

Meus blushes queridinhos da estão são: When Leopard Gest A Tan da NYX, Pink Swoon da M.A.C, Orgams da NARS, Blush Ideal Luminous na cor Bronze e Pêssego da AVON.

When Leopard Gest A Tan da NYX – Mistura de cores perfeitas: rosinha, marrom e um dourado claro, possui uns brilhinhos bem discretos. Combinação de blush, iluminador e bronzer, no mesmo produto. Acabamento é levemente acetinado, um marronzinho com fundo dourado, é perfeito para quem adora um efeito mais natural. (RESENHA)

Pink Swoon da M.A.C – Tom de rosa claro, sabe aquele rosa fofo e delicado que lembra bala? Super discreto e com efeito natural, sua tonalidade pode ser construída com camadas. Possui acabamento opaco e totalmente sem brilho e/ou cintilância. (RESENHA)

Orgams da NARS – Tom de pêssego com fundo rosa, possui brilhinhos dourados e dependendo da luz acentua mais para o tom alaranjado. Ele tem uma textura, um brilho, um acabamento totalmente diferente de todos que já usei, deixa um efeito lindo na pele. (RESENHA)

Blush Ideal Luminous na cor Bronze da AVON – A cor do blush é linda, um tom de marrom clarinho com fundo levemente rosado. Perfeito para peles branquinhas, nas morenas pode ser usado também como iluminador. Possui micro brilhinhos que ficam super discretos no rosto, deixam uma luminosidade natural na pele. A textura é macia e o pó bem fininho, não esfarela e tem uma boa pigmentação. (RESENHA)

Blush Ideal Luminous na cor Pêssego da AVON – Tom de coral com fundo levemente rosado. Possui micro brilhinhos dourados que ficam bem discretos depois de aplicado. Textura macia com pó fininho e acabamento cintilante. É minha cor preferida dos blushes da linha Ideal Luminous da Avon.

Dos blushes que tenho essas são meus preferidos para a primavera/verão, analisando todas as cores acho que preciso de um mais laranjinha/coral, algo entre o Orgasm da NARS e o Pêssego da Avon – nem tão intenso como o gringo e nem tão discreto como o nacional, entenderam?

 

 

Vocês tem blushes preferidos para o verão?

 

 

* Este produto ou serviço foi comprado pela autora do post.