Um dos ditados popular que mais tem a ver comigo é “Quem canta seus males espanta” – a música tem um poder inexplicável – no mesmo momento em que vocês está triste, se sentido para baixo e achando que nada mais tem solução, a letra ou melodia de alguma música pode mudar completamente seu dia.

Nunca contei para vocês, mas há alguns anos atrás passei por uma fase em que mesmo no meio de uma multidão eu me sentia completamente sozinha, literalmente um peixinho fora d’água. Graças a Deus, o tempo foi passando e hoje só tenho a agradecer, tenho pessoas muitos especiais ao meu lado e que me compreendem. Mas, por mais que nossa vida seja o mais próxima daquilo que sempre sonhamos é impossível não ter problemas, seja eles financeiros, amorosos e principalmente com a auto-estima. Confesso que depois que criei o blog esse é um dos problemas que mais tenho visto, meninas/mulheres, que não se aceitam, estão infelizes com o corpo, com o tipo de cabelo e detestam se olhar no espelho. Quem sou eu para tentar mudar isso em vocês? Infelizmente não tenho esse poder (bem que eu queria), mas o que posso dizer é que você é linda exatamente do jeito que você é.

Já me senti para baixo, já me senti feia e gorda – chorava cada vez que vestia uma roupa, me culpava e muitas vezes deixei de sair com amigas por vergonha do meu corpo, quando se tratava de praia então – nem pensar. Mas, com o tempo fui amadurecendo e percebi que o mais importante é o nosso interior, essa casca que vocês vêem em fotos e vídeo, com o tempo vai envelhecer, mas o nosso interior esse vai ser lembrando eternamente.

Então meninas, nada de baixo estima, todas vocês são únicas e especiais, lindas e perfeitas – cada uma com sua singularidade, com o seu diferencial. Não importa o padrão de beleza imposto por revistas, sejam vocês mesmas e o mais importante sejam felizes.