Apesar do meu cabelo ter melhorado 100% após o corte é indispensável manter certos cuidados, principalmente quando se trata de hidratação. Meu cabelo tem química (tintura), e sempre que vou colorir os fios eu gosto de hidratá-los logo em seguida, sinto que se não fizer isso eles ficam ressecados.

Há alguns meses estive em uma casa de cosméticos aqui de Floripa, a Cotirô (quem mora na região deve conhecer). Estava atrás de uma máscara hidratante e procurava por uma marca que já usei e um dos vendedores apresentou a marca Vitiss (que até então eu não conhecia), disse que se eu procurava por hidratação iria adorar os resultados. Confesso que apesar de não dar muita credibilidade, levei assim mesmo. Afinal, eu adoro testar novos produtos.

Trouxe pra casa a máscara da linha Tutano + d-pantenol que é indicada para cabelos secos e ressecados. E segundo a marca ela é elaborada com princípios ativos naturais que recuperam intensamente os fios devolvendo-lhes a flexibilidade, tornando-os mais fortes e resistentes. A associação do tutano com o d-pantenol favorece a nutrição e a elasticidade dos fios.

Resolvi usar ela por algum tempo para depois contar os resultados pra vocês, inclusive eu falei um pouquinho sobre a Máscara Tutano + d-pantenol de Vitiss, no vídeo sobre o meu novo corte de cabelo AQUI.

Ela possui consistência firme e emoliente, desliza nos fios e no momento da aplicação já é possível sentir os cabelos macios, sabem aquela sensação de “cabelo derrete nas mãos”, é mais ou menos assim. Na minha primeira aplicação eu deixei agir por apenas 5 minutos e não vi os resultados que esperava, já nas próximas eu deixei o tempo recomendado na embalagem (15 minutos), e me surpreendi.

Máscara Tutano + d-pantenol de Vitiss, deixou meu cabelo macio, hidratado e com um brilho lindo. Isso sem falar no movimento, sabem aquele cabelo com aspecto saudável e bem cuidado, foi desse jeito que ficou meu cabelo. Adorei!

Como se trata de uma máscara para hidratação bem pontente e além do meu cabelo ter raiz oleosa, ele também não está danificado, estou usando à cada 15 dias. Principalmente após a tintura e quando vejo que tem necessidade. Pelo preço e facilidade em encontrar, fiquei muito surpresa com os resultados. Ela rende muito e para todo o meu cabelo eu uso a quantidade da foto acima, além disso o cheiro dela é bem gostoso.

Gostei muito dos resultados e recomendo para as meninas com cabelos secos e ressecados, que estão precisando hidratar os fios.

A minha máscara eu comprei na embalagem de 250g e paguei em média R$ 15,00 (não tenho certeza, ok?). Comprei na Cotirô, mas acredito ser fácil de encontrar em outras cidades. Quem quiser pode visitar o site da marca AQUI.

 

Vocês já conheciam a marca?

 

 

* Este produto ou serviço foi comprado pela autora do post.

 

 

SE INSCREVA NO MEU CANAL

 

 

Não é de hoje que as famosas botas Over The Knee ou Cuissarde, se tornaram as grandes protagonistas dos looks invernais e a mulherada acabou se rendendo ao estilo sensual que a bota arremata em qualquer produção. Quem ainda não adquiriu a sua Over The Knee com medo de não usá-la no inverno do próximo ano pode ficar despreocupada, elas são atemporais, ou seja, nunca vão sair de moda e se tratam de um item indispensável no closet feminino (eu mesma já estou atrás da minha).

Milhares de looks com a bota surgem diariamente nas redes sociais, ainda assim existem muitas dúvidas de Como usar Over The Knee sem exagerar na produção e ter um resultado desastroso. Apesar da moda ser muito democrática e permitir que as pessoas usem aquilo que gostam e se sentem bem, não custa seguir algumas regrinhas para fazer bonito com sua Over The Knee Boots.

A primeira “regra” a ser seguida é: Menos é mais! Essa é uma regra que todas deveriam seguir ao pé da letra, na dúvida use o básico. E no caso das botas, é aposta certa combiná-las com peças neutras, o combo “jeans + camiseta + blazer/jaqueta” sempre vai bem e fica lindo. Não tem erro!

Elas também ficam lindas e sensuais quando combinadas com vestidos, desde os longos até os mais curtinhos. Porém é necessário ter bastante bom senso quando for compor um look com vestidos curtos, invista nos modelos de cores sóbrias, tecidos leves e de preferência soltinhos, para incrementar a produção use também meia- calça.

No caso das saias e shorts é preciso atenção redobrada, as chances de errar e compor uma produção “vulgar”, são muito grandes. JAMAIS use Over The Knee com saias super curtas e justas, invista nos modelos que ficam à partir da metade da coxa até as midis ou longas, prefira as que ficam mais soltinhas e rodadas.

Com os shorts a regra é a mesma, na hora de escolher um modelo para usar com a sua bota invista nos Boyfriend’s que além de lindos vão arrematar um ar despojado para a produção. Jeans destroyed também fica lindo!

Elas também ficam lindas quando combinadas com peças pesadas, como casacões, maxi- cardigã e tricô.

Para as meninas mais cheinhas, com coxas grossas e/ou baixinhas a dica é investir em uma legging ou meia-calça da mesma cor da bota, isso ajuda a afinar e alongar a silhueta. O combo calça e  jaqueta de couro + Over The Knee jamais deve ser usado (exceto em festas à fantasia onde você que encarnar a mulher gato, ok?).

A tendência é linda e está ai para ser usada, combine com o seu bom senso e arrase!

 

* Fotos: Pinterest. 

 

Vocês gostam de Over The Knee Boots? Hot or Not?