prós-e-contras-de-ter-franja-ale-bittencourt

Demorei muito tempo para finalmente criar coragem e aderir a franjinha – eu sempre usei franja de lado e na altura do queixo, o mínimo que cheguei foi na altura das bochechas – apesar disso eu ficava “babando” nas franjinhas mais curtas, essas que ficam na altura das sobrancelhas ou um dedo abaixo.

Foi então que por um erro capilar (resolvi aparar a franja em casa com tesoura errada, haha!), tive que cortar franjinha e AMEI o resultado. Fiquei mais satisfeita ainda quando recebi diversos elogios de vocês, minhas leitoras queridas. Sabe quando a gente se identifica com um corte de cabelo, se sente bonita e poderosa? É assim que me sinto quando estou com a franjinha impecável!

prós-e-contras-de-ter-franja-ale-bittencourt

Passei o verão sem usar franja, confesso que com o calor que faz aqui é impossível – mas, quando o clima ficou mais ameno cortei novamente e compartilhei meu novo visual com vocês. Foi então que uma leitora super querida (@mrs_koba), deixou algumas perguntas lá no meu instagram (@allebittencourt) e também pediu para gravar um vídeo com meus Prós e Contras de usar Franja.

Vocês já sabem que eu amo atender aos pedidos de vocês e faço com o maior carinho!

Eu amo usar franja, ela renova o visual, valoriza a maquiagem dos olhos, esconde e disfarça sobrancelhas sem fazer e testa grande, além disso está sempre em alta, nunca sai de moda. Porém, cuidar da franja e deixá-la sempre impecável dá muito trabalho, além disso ela pede manutenção à cada 10 dias (semanal se seu cabelo crescer muito rápido).

No vídeo abaixo eu conto para vocês como cuido da minha franja e também os prós e contras de usá-la – espero que ajude quem está em dúvida se deve ou não aderir à franjinha!

 

Quem aí também ama franjinha?